Postagem em destaque

A hora e a vez de lutar pelo Fundeb

Prestes a vencer, programa imprescindível para educação básica no país precisa ser reeditado com melhorias Programa fundamental para ed...

sexta-feira, 23 de novembro de 2018

Artes visuais de Brasília ganham novo estímulo com política para o setor

Museu Nacional da República, Brasília, DF, Brasil 22/11/2018 Foto: Andre Borges/Agência Brasília.
Lançamento da Política Setorial de Artes Visuais do Distrito Federal durante a abertura da exposição ‘’ACT Arte, Ciência e Tecnologia’’.
Personagens em ordem de fala:
o presidente da FAP (Fundo de Apoio à Cultura), Tiago Araújo Coelho de Souza;
o secretário de Cultura, Guilherme Reis;
A produção de artes visuais de Brasília receberá novo impulso com o lançamento da Política Setorial de Artes Visuais do Distrito Federal na noite desta quinta-feira (22) no Museu Nacional.
Lançamento ocorreu durante abertura de exposição no Museu Nacional na noite desta quinta (22) Foto: André Borges/Agência Brasília
A cerimônia ocorreu durante a abertura da exposição A/riscado ACT: Arte, Ciência e Tecnologia, promovida pela Secretaria de Cultura e Fundação de Apoio à Pesquisa do DF.
Publicada no Diário Oficial do Distrito Federal de hoje, a política pública também visa facilitar o acesso da sociedade às artes plásticas criadas na capital federal.
A coordenação ficará a cargo da Fundação das Artes do DF (Fundarte), conforme previsto na Lei Orgânica da Cultura (LOC).
Entre os exemplos de estratégias apresentados pela Secretaria de Cultura estão:
  • manutenção contínua de equipamentos públicos voltados para as artes visuais
  • incentivo à criação de cursos de competências técnicas
  • promoção de intercâmbios que propiciem a formação artística e técnica do setor
  • estímulo ao patrocínio pela iniciativa privada, por meios diretos ou incentivado, para produção e exposição de artes visuais
  • premiação de agentes e espaços culturais
  • medidas para ampliar acessibilidade de pessoas com deficiência na produção e consumo de artes visuais
“Já lançamos cinco portarias setoriais das artes, feitas em discussão intensa com todas as categorias”, disse o secretário de Cultura, Guilherme Reis. “A participação social era uma das nossas prioridades.”

Política Distrital das Artes do DF

Além dessa, cinco políticas voltadas para outros segmentos artísticos formarão a Política Distrital das Artes do DF:

SEMINÁRIO GUERRA HÍBRIDA E DOUTRINA DO CHOQUE. BRASIL 2010-2018.

Tem se falado muito sobre Guerra Híbrida, que é uma estratégia militar que mescla táticas de guerra política, guerra convencional, guerra irregular, e ciberguerra com outros métodos de influência, tais como fake news, diplomacia, lawfare e intervenção eleitoral externa.

Acontece em Curitiba um Seminário sobre o assunto.

O seminário de lançamento de grupo de pesquisas sobre a Guerra Híbrida e Doutrina do Choque, que está sendo chamado  de Núcleo de Estudos da Conjuntura Nacional.
Dia 24 de novembro, das 9h ao 12h30. Em Curitiba/Paraná.
NESEF/NEP/NECON.
Local. UFPR campus Rebouças auditório 232-B. Rua Rockefeller 11, entrada lateral ao Shopping Estação (acesso ao estacionamento via Av. 7 de Setembro).
Entrada gratuita