Postagem em destaque

GRUPO DE CAPOEIRA CORDÃO DE OURO-NOVA CRUZ/RN REALIZOU O BATIZADO E TROCA DE CORDA FECHANDO COM CHAVE DE OURO! CONFIRAM!!!

FINAL - FOTO HISTÓRICA  - GRUPO DE CAPOEIRA CORDÃO DE OURO MOMENTO DO "ESQUENTE"  MOMENTOS DECISIVOS - MUITA CONCENTRAÇ...

sábado, 22 de dezembro de 2018

HOJE (22) NÃO PERCAM A APRESENTAÇÃO DA BANDA FILARMÔNICA "TEN. JOSÉ DE FREITAS SOBE A REGÊNCIA DO PROFESSOR MAESTRO, AMARILDO SANTANA - NA CASA DE CULTURA - NOVA CRUZ/RN

A imagem pode conter: 5 pessoas, pessoas sentadas e área interna
A imagem pode conter: 1 pessoa, sentado
Tudo pronto para a 1* apresentação da Banda Filarmônica Tenente José de Freitas sobe a regência do professor e Maestro, Amarildo Santana, HOJE as 19 horas no Largo da Casa de Cultura Popular - NOVA CRUZ/RN , vai ser uma honra ter a presença de vocês amigos e amantes da arte musical de nossa terra .

Fonte: Facebook (Flávio André Bezerra)

"O RN, JUNTAMENTE COM OS MUNICÍPIOS PRECISAM VALORIZAR MAIS AS SUAS CULTURAS E OS SEUS TALENTOS! Identificá-los e projetá-los no cenário nacional! O Centro Potiguar de Cultura - CPC/RN apoio e os incentivam a continuarem na luta por um lugar ao sol. Muitos deles se dedicam porque amam a música!" - Eduardo Vasconcelos, presidente do CENTRO POTIGUAR DE CULTURA - CPC/RN.

Adaptado pelo CPC/RN, 22/12/2018.

PRIMEIRA URNA: ESTA FOI A PRIMEIRA URNA ELEITORAL DO RIO GRANDE DO NORTE E AINDA ESTÁ EM USO

O primeiro “coletor de votos” – ou para os mais modernos: urna eleitoral – do estado do Rio Grande do Norte apareceu nas eleições de 1936.
Quem a vê não consegue nem comparar com a urna eletrônica dos dias atuais, aqui está ela:
Foto: IHGRN
Atualmente ela vem sendo utilizada na eleições do IHGRN (Instituto Histórico e Geográfico do RN), como a da nova Diretoria e o novo Conselho Fiscal do órgão em 2018.
O que você achou dela?


Fonte: CURIOZZZO

Confira o funcionamento dos museus do Estado no final do ano

Os museus administrados pela Secretaria de Estado da Cultura do Paraná(SEEC) terão alterações no horário de funcionamento ao público no período do Natal e do Ano Novo. O Museu de Arte Contemporânea do Paraná (MAC-PR) entra em recesso no dia 22 de dezembro e volta a funcionar normalmente a partir do dia 02 de janeiro. A dica por lá é visitar a exposição “Tempos Sensíveis”,  na sala 8 do MON, que reúne obras como esculturas, desenhos, gravuras e instalações que têm como tema a natureza humana, as suas perplexidades, carências e desconfortos. A mostra estará fechada nos dias 24, 25 e 31 de dezembro como também em 1º de janeiro de 2019.

O Museu Paranaense (MP) fechará nos dias 24, 25, 31/12 e 01/01/2019. Já no período de 26 a 28/12, o MP funciona normalmente, mas em 29 e 30/12, atende em horário especial, das 10h às 16h. O museu reabre no dia 02/01/2019 com suas atividades normais.  Por lá, o público pode conhecer o novo circuito de longa duração do museu com seis exposições: Missões Jesuíticas e Paraná Espanhol; Festas Populares no Paraná (Folia de Reis, Carnaval, Bandeira do Divino, Congada da Lapa e Fandango do Litoral); Cultura Caiçara e a Fábrica de Farinha de Mandioca; Educação no Paraná; Conflitos Armados no Paraná e Conflitos pela Posse da Terra.

Já o Museu da Imagem e do Som do Paraná (MIS-PR) fecha nos dias 24, 25 e 31/12 e também em 1º de janeiro de 2019, reabrindo normalmente a partir do dia 02/01/2019.  Em cartaz no MIS-PR está a exposição “CINEMIS”, que revela, por meio de objetos e documentos, mais sobre a história do cinema a partir do “Acervo Aramis Millarch” e do “Acervo do Cine Morgenau”, ambos mantidos pelo museu.

Nos dias 24, 25 e 31/12 e 01/01/2019, o Museu Casa Alfredo Andersen (MCAA) vai fechar. O espaço também reabre no dia 02 de janeiro de 2019. O MCAA passou recentemente por uma um projeto de recuperação e modernização com uma nova expografia, identidade visual e proposta curatorial. O público pode conhecer por lá a exposição “Alfredo Andersen: in situ/ em trânsito”  que reúne um conjunto de 33 pinturas à óleo, 32 desenhos, além de fotografias, documentos e objetos da escola-ateliê do artista.
O Museu do Expedicionário fecha ao público em 24, 25/12 e 01/01/2019. Nos demais dias, segue seu funcionamento normalmente. Dotado de valioso e original acervo, o museu revela e ilustra, de forma didática, a participação dos soldados do Brasil no último conflito mundial. O museu abriga um farto material histórico, como fotografias, filmes, mapas, livros e ilustrações, referente à participação brasileira, através da Força Expedicionária Brasileira, da Força Aérea Brasileira e da Marinha de Guerra do Brasil, outras peças e documentos cedidos pelas diversas nações envolvidas no conflito, podem ser admirados.

Já o Museu Oscar Niemeyer (MON) estará fechado nos dias 24, 25 e 31 de dezembro como também em 1º de janeiro. Nos demais dias, abre normalmente. Por lá, o visitante pode conhecer até o final do ano obras da Bienal de Curitiba | 25 anos. Mas, diversas exposições ficam cartaz em 2019 como a recém inaugurada  “Serguei Maksimishin – o último império”, que revela retratos da Rússia contemporânea e seu o cotidiano e seus personagens – crianças, soldados, religiosos, políticos, neonazistas – retratados de forma que possibilita a imersão do público em um país cuja história perpassa pelo período soviético, uma grave crise nos anos 90 e, enfim, os problemas atuais
O Centro Juvenil de Artes Plásticas (CJAP), que abriga exposições dos alunos dos cursos de artes, entra em recesso dia 21 de dezembro e volta às atividades normalmente em 02 de fevereiro de 2019.

Serviço

Museu Alfredo Andersen – Rua Mateus Leme, 336 – Curitiba . (41) 3222-8262.
Centro Juvenil de Artes Plásticas – Rua Mateus Leme, 56 – Curitiba. (41) 3323-5643.
Museu de Arte Contemporânea do Paraná– Rua Marechal Hermes, 999 – Curitiba. (41) 3323-5265.
Museu Paranaense – Rua Kellers, 289 – Curitiba. (41) 3304-3300.
Museu Oscar Niemeyer – Rua Marechal Hermes, 999 – Curitiba. (41) 3350-4400.
Museu do Expedicionário – Rua Comendador Macedo, 655 (Praça do Expedicionário) – Curitiba. (41) 3362-8231  e (41) 3263-4067.

Fonte: BRASIL CULTURA

O JOVEM DIEGO RAMOS SERÁ UM DOS HOMENAGEADOS NOS 9 ANOS DO CENTRO POTIGUAR DE CULTURA-CPC/RN - DIA 30/12 - CONFIRA MATÉRIA!


Como já virou tradição, o Centro Potiguar de Cultura - CPC/RN promove no próximo dia 30 de dezembro na Câmara Municipal de Nova Cruz/RN e dos homenageados é o jovem talentoso de família tradicional de grandes compositores, DIEGO RAMOS DE OLIVIERA! Um jovem de origem humilde, mas de talento espetacular e de uma voz que encanta carregada de elogios após suas apresentações, com grandes referências na famílias, como o seu avô i'm memória JOÃO RAMOS, seus tios BETO e EDMILSON RAMOS. Diego é filho de VERA LÚCIA RAMOS DE OLIVEIRA.

Outra coisa que o fortalece é sua simplicidade, pautada na memória de avô e de sua família, pois em sua maioria tem talentos para a música e para manuseios de vários tipos de instrumentos musicais, ou seja: NASCERAM ESTRELADOS!

Pois é, ele é um dos que vai ser homenageado no próximo dia 30 de dezembro no Plenário da Câmara de Vereadores de Nova Cruz/RN,  Reconhecendo seu talento.

Lembrando que é um dos princípios fundamentais do CPC/RN, é justamente o de procurar IDENTIFICAR NOVOS TALENTOS! E ele merece! Que Deus possa continuar brilhando com as bençãos divina!