Postagem em destaque

Atrofia cultural

O cartunista  Miguel Paiva  afirma que a cultura brasileira segue ameaçada. Ele diz: “um país como o Brasil não pode ser entregue a ini...

terça-feira, 6 de março de 2018

Confira o regimento interno do XXIII CONFASUBRA

As teses foram  atualizadas e serão publicadas em breve. Ao todo serão apresentadas pelos grupos 10 proposições para defesa e discussão. 

A atualização do
regimento interno do XXIII Congresso Nacional da FASUBRA Sindical (CONFASUBRA) foi aprovada em Plenária Nacional no último domingo, 04, em Brasília-DF. Foram discutidos e deliberados todos os destaques e pontos que as entidades de base e a direção da FASUBRA tiveram interesse em discutir. 
O XXIII CONFASUBRA será realizado de 06 a 11 de maio, em Poços de Caldas – MG.  Serão seis dias para os trabalhadores técnico-administrativos em educação organizar a luta para o biênio 2018/2019 e definir o plano de lutas. De acordo com a FASUBRA, são esperados cerca de 1.500 delegados representando 42 entidades de base filiadas.
As teses foram atualizadas e serão publicadas em breve. Ao todo serão apresentadas pelos grupos 10 proposições para defesa e discussão. 
O CONFASUBRA é a instância máxima de deliberação da Federação e deve ser realizado a cada dois anos, de acordo com o Estatuto. O congresso é soberano para deliberar sobre qualquer proposta, desde que esteja incluída no temário do evento. Também é permitida a participação de convidados e observadores, porém, sem direito a voto.
Discussão central
As mesas para discussões centrais e temáticas foram aprovadas na última Plenária Nacional de julho.Os temas da mesa central serão a conjuntura nacional e internacional, Educação, o Projeto Universidade Cidadã e Hospitais Universitários, opressões (mulheres, LGBT, raça e etnia). Também será discutida a alteração estatutária e apresentada a prestação de contas. Após, ocorre a eleição da Direção Nacional e Conselho Fiscal. 
Mesas Temáticas
Os temas específicos para discussão durante o congresso serão a organização e estrutura Sindical, as relações de trabalho, 100 anos da Revolução Russa e da primeira greve geral no Brasil (1917), assuntos de aposentadoria e aposentados (as). A comunicação contra hegemônica, universidades estaduais e municipais, raça e etnia, mulheres, LGBT e hospitais universitários (HUs) também serão discutidos. 
Serviço
Congresso da FASUBRA (XXIII CONFASUBRA)
Data: 06, 07, 08, 09, 10 e 11 de maio de 2018
Local: Centro Nacional de Convenções – Cenacon
Av. Vereador Edmundo Cardillo, 3500 - Jd. Del Rey - Jardim Bandeirantes.
Poços de Caldas - MG

Assessoria de Comunicação FASUBRA Sindical

Fórum e Feira de Turismo do RN serão apresentados nesta sexta (9) em Natal

Por Robson Pires
Nesta sexta-feira (9), acontecerá no salão Bossa Nova do Serhs Natal Grand Hotel, a partir das 8h, o café da manhã de apresentação da programação do 9º Fórum de Turismo do RN e das atrações da 4ª Feira dos Municípios e Produtos Turísticos do RN, a Femptur. Na ocasião, os diretores da Argus Eventos, empresa promotora do Fórum e Femptur, mostrarão as novidades previstas para este ano.
Os dois eventos – Fórum e Feira – se realizarão nos dias 23 e 24 de março, das 14h às 22h, no Centro de Convenções de Natal. Terão a participação de mais de 40 municípios potiguares e de várias empresas do setor privado, como Marazul, Wheltour, Terra Molhada, Dandara, Natal Bus, Serhs Natal Grand Hotel, hotel Villa Park, Data Show, MSom e Royal Prestige, entre outros.
Segundo os organizadores do Fórum e da Femptur, Gustavo Porpino e Antonio Roberto Rocha, são esperadas cerca de cinco mil pessoas nos dois dias. “Vale lembrar que o acesso à Femptur é gratuito, o que levará muitos norte-rio-grandenses a visitar a Feira em busca de informações sobre os destinos turísticos potiguares”, comenta Porpino.
Quanto ao Fórum de Turismo do RN, que chega à sua 9ª edição, Rocha lembra que os seis temas que serão discutidos são bem pertinentes ao momento atual do turismo potiguar, como captação de voos, gestão de centros de convenções, marketing digital, festas populares como indutores da economia e o desenvolvimento de produto turístico.
“Nosso auditório será formatado para 640 pessoas, com conforto. Esperamos uma média de ocupação de 80% a 90%, com picos de 100%”, estimou.

UBES convoca o ‘Seminário de Gestão Edson Luis’ em Salvador


Primeiro encontro da nova diretoria plena acontece dia 12, em meio a vários eventos dos movimentos sociais na Bahia.

O seminário de gestão da UBES, convocado para 12 de março, celebrará a reunião de toda a Diretoria Plena da entidade formada por quase 100 secundas de todo o País. Com a gestão 2017-2019 completa pela primeira vez, será possível traçar os rumos do movimento estudantil e, principalmente, discutir a importância dos 50 anos do assassinato de Edson Luís, estudante morto pela polícia em 1968.
“Precisamos falar de Edson Luís não só pela lembrança a ele, mas também pelos estudantes que estão hoje defendendo a educação pública de qualidade. Porque a realidade hoje, em vez de avançar, está se parecendo cada vez mais com 50 anos atrás”, diz Bruna Helena, diretora de Relações Internacionais da UBES.
Logo em seguida ao seminário de gestão da UBES, acontece em Salvador o Fórum Social Mundial, com participação ativa dos secundaristas. Para Bruna, estar na capital baiana em peso nesta situação é essencial para expor ao mundo o que se passa no Brasil hoje:
“O FSM é o maior encontro de movimentos sociais, ONGs, partidos, não só da América Latina como do mundo todo. Precisamos estar lá denunciando o que se passa na educação pública brasileira, o golpe que continua sendo articulado e a ameaça à soberania nacional. Nossas ideias têm que ser destacadas às 70 mil pessoas esperadas em Salvador.”

Salvador, centro do mundo em março

A agenda da cidade está cheia com a proximidade do Fórum Social Mundial, maior encontro de movimentos sociais do planeta. Confira as atividades secundaristas por lá:
Fórum Social Mundial
No próprio FSM, os secundas têm papel de destaque, com uma tenda própria e participação na Assembleia dos Povos.
Universidade Federal da Bahia (UFBA)
13 a 17 de março

Acampamento Internacional da Juventude
A tenda da UBES também estará presente no Acampamento Internacional da Juventude, que se monta na véspera do fórum.
A partir de 11 de março
Parque de Exposições Agropecuárias de Salvador

Sarau da Resistência
Iniciativa dos secundaristas, por meio do Circus da UBES.
15 de março
UFBA

Seminário de Educação da ABES
15 de março
UFBA

Baile do CIRCUS e CUCA
15 de março
UFBA

V Pesquisa Nacional do Graduando retrata universo das universidades federais

Levantamento é realizado pela Andifes e Fonaprace desde 1996

Conhecer a realidade dos estudantes das Instituições Federais de Ensino Superior (Ifes) em todo o Brasil e assim viabilizar políticas públicas eficazes é o intuito da V Pesquisa Nacional do Perfil do Graduando, que está sendo realizada pela a Associação Nacional dos Dirigentes das Ifes (Andifes) e também pelo Fórum de Pró-Reitores de Assuntos Estudantis (Fonaprace).
O levantamento é realizado desde 1996 com o objetivo de descrever as caraterísticas médias (sócio, econômica e culturais) dos discentes das Instituições Federais de Ensino Superior, apresentando dados concretos para a implementação das políticas de assistência estudantil.
Para o secretário executivo da Andifes,  Gustavo Balduino, todos os dados extraídos da da pesquisa são relevantes. ”Com a pesquisa passamos a trabalhar não com expectativas e suposições, mas com dados técnicos capazes de propor políticas públicas acertadas”, explicou.
O secretário destacou dentre os resultados das últimas pesquisar o aumento das matrículas de mulheres e estudantes egressos de escolas públicas nas universidades federais.
”A importância da pesquisa é grande porque precisamos conhecer o perfil do estudante para ajustar políticas públicas que alcancem justamente esse estudante”, falou.

ASSISTÊNCIA ESTUDANTIL

A assistência estudantil é uma bandeira histórica para o movimento estudantil, conquistada no ano de 2010, com a criação do Plano Nacional de Assistência Estudantil (Pnaes). O Pnaes tem como premissa garantir diferentes auxílios a estudantes com renda mínima per capita familiar de um salário mínimo e meio.
Em 2017, convidados falaram sobre sua importância durante o 65º Coneg da entidade da UNE, realizado em São Paulo.
Na ocasião, foi consenso que a assistência estudantil deve se tornar uma política de estado, permanente e não de caráter emergencial como é atualmente.
”A assistência estudantil é uma bandeira importante porque é a ação da universidade e do poder público que permite aos universitários condições de permanecer nos estudos através da concessão de bolsas e auxílios e da oferta de elementos estruturais como restaurante universitário, residência estudantil, transporte intercampi e assistência psicológica. É através da assistência estudantil que o Estado garante a plena democratização da universidade, dando condições não só no acesso, mas também garantindo a permanência dos estudantes até sua formatura”, destacou o 1º Diretor de Universidades Públicas da UNE, Leonardo Guimarães.

PARTICIPE

Estudantes de todas as 63 universidades federais além dos Cefet-MG e Cefet- RJ podem responder à pesquisa.
O formulário online está disponível no endereço www.perfil.ufu.br
Fonte: UNE

Mais de três milhões de viagens serão feitas na Semana Santa



No feriado de Semana Santa, entre 25 de março e 1º de abril, o Brasil deve receber cerca de 230 mil turistas internacionais, além de 3,4 milhões de viagens domésticas previstas, indica o Ministério do Turismo. No momento, 75 eventos no período já estão registrados no Calendário Nacional de Eventos.
Diversas cidades no País com tradição no turismo religioso já aguardam os visitantes, como Brejo da Madre de Deus, em Pernambuco, onde acontece uma das maiores encenações da Paixão de Cristo, na cidade cenográfica de Nova Jerusalém, que atrai anualmente 250 mil turistas de todas as nacionalidades, além de movimentar R$ 200 milhões e criar 1,5 mil empregos diretos.
Além de Pernambuco, os estados de Mato Grosso do Sul, Paraíba, Pará, Rio De Janeiro e Rio Grande do Sul também possuem atividades no festejo religioso registradas no Calendário. Para aqueles que desejam aproveitar os dias de folga, outros eventos não ligados à religião acontecem no mesmo período, como as opções de turismo gastronômico do Festival do Chocolate, em Petrópolis (RJ), e do Chocopraia, em Cidreira (RS), e também o turismo de aventura, como o Moto Rock Festival, em Piraju (SP) ou o Motofest, em São Bento (PB).
Fonte: Governo do Brasil, com informações do Ministério do Turismo e da Prefeitura de Brejo da Madre de Deus (PE)