Postagem em destaque

EM BAÍA FORMOSA/RN SE HOSPEDE NAS POUSADAS ECOBAÍA OU CHALÉ MAR! BAÍA FORMOSA/RN CONFIRA!

Vista para o MAR! Pousada ECOBAIA - BAÍA FORMOSA/RN  CHALÉ MAR - de FRONTE PARA O MAR (Paraíso) Descanso, férias, em serviço ...

domingo, 22 de dezembro de 2019

Curiosidade sobre a história do Natal

A maioria das versões sobre a procedência da árvore de 

Natal-Pinheiro
Natal indica a Alemanha como seu país de origem. A mais aceita atribui a novidade ao padre Martinho Lutero. Ele montou um pinheiro enfeitado com velas em sua casa, para mostrar às crianças como deveria ser o céu na noite do nascimento de Cristo.

– Outra versão atribui a criação ao anglo-saxão Vilfrido. Ele teria ido pregar o cristianismo na Alemanha e teria usado a figura triangular de um pinheiro para explicar a Santíssima Trindade. A partir de então, a árvore passou a ser reverenciada como uma planta divina.
– A tradição de relacionar árvores a divindidades vem da mitologia grega. As plantas, para o gregos, intermediavam o céu e a terra e simbolizavam a evolução e a elevação do homem. O carvalho homenageava Zeus; a oliveira, a deusa Atena; e a videira, o deus Dionísio. Para os chineses, o pinheiro significa longa vida.
– Já na Roma antiga, existia o costume de pendurar máscaras de Baco em pinheiros para comemorar uma festa chamada de Saturnália, que coincidia com o nosso Natal. Na Europa, durante o século 12, havia a tradição de pendurar um pinheiro no teto das casas, de ponta-cabeça, como símbolo da fé cristã.
– Foram os ingleses quem popularizaram a árvore de Natal. Eles tomaram contato com a tradição por volta de 1850. Quando o príncipe Albert se casou com a rainha Vitória, ela começou a montar árvores majestosas em sua residência de férias na ilha de Wight. A população passou a imitá-los.
Brasil Cultura

MTur qualifica 30 mil profissionais de turismo em 2019

A turma do curso de Técnico em Guia de Turismo de Brazlândia, cidade localizada a 50km de Brasília, teve muito o que comemorar na noite desta terça-feira (17). Após um ano e meio de muito estudo, 22 alunos do Centro de Ensino Médio – CEM 01 se formaram em meio a uma festa repleta de familiares e sensação de dever cumprido. Ao todo foram 30 mil qualificados por meio das diversas iniciativas de capacitação da Pasta.
O curso é ofertado pelo MedioTec, modalidade do Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec), executado em parceria entre o Ministério do Turismo e o Ministério da Educação. É uma oportunidade para que os alunos do ensino público possam cursar, ao mesmo tempo, um curso técnico. As aulas são ofertadas de forma concomitante para os alunos das redes públicas estaduais e distritais de educação com prioridade para os alunos a partir do 2º ano do ensino médio.
Desde 2018, são disponibilizados para a escolha dos estados e do Distrito Federal 83 cursos dos eixos “Turismo, Hospitalidade e Lazer”; “Gestão e Negócios”; “Informação e Comunicação”; “Produção Alimentícia”; “Produção, Cultura e Design”; e “Desenvolvimento educacional social”, ofertados nas modalidades presencial e a distância.
A coordenadora pedagógica do curso de Técnico em Guia de Turismo, Bruna Rangel, comemorou o engajamento dos alunos e contou que observou um grande amadurecimento principalmente no interesse em potencializar o turismo na região do DF. “Eles vão sair do ensino médio prontos para o mercado de trabalho. Foi um curso bastante proveitoso para todos os estudantes. Notamos uma taxa de evasão extremamente baixa de apenas 18%. Não tivemos estudantes reprovados nem por falta nem por nota. Foi um curso de extremo sucesso”, celebrou a coordenadora.
A recém-formada Iris Oliveira, moradora de Brazlândia, foi a oradora da turma. Diante do público, declamou o juramento e prometeu elevar os níveis da profissão obedecendo os preceitos da ética, da legalidade e da moral. “Escolhi essa profissão porque a minha cidade tem um potencial muito alto no ecoturismo e turismo religioso. A gente precisa de pessoas capacitadas para enriquecer o turismo da cidade e eu estou muito feliz com a minha formatura. Espero acrescentar e ajudar a minha cidade a desenvolver ainda mais o turismo”, comemorou.
A coordenadora-geral de Qualificação do Turismo do MTur, Neuza Portugal, destacou a importância de incentivar a capacitação para o turismo. “É gratificante ver os resultados alcançados com a oferta dos cursos de formação técnica demonstrados pelos alunos que concluíram o curso Técnico em Guia de Turismo. Nos faz acreditar que estamos no caminho certo, considerando que a qualificação profissional exerce um papel preponderante no sentido de incrementar o mercado de trabalho, elevar a qualidade dos serviços prestados aos turistas e contribuir para o desenvolvimento do país por meio do turismo”, ressaltou Portugal.
QUALIFICAÇÃO PROFISSIONAL – O Ministério do Turismo proporciona diversas oportunidades de qualificação baseadas na Política Nacional de Qualificação do Turismo (PNQT). O canal Brasil Braços Abertos é uma delas. Trata-se de um curso de atendimento ao turismo online e gratuito, que aborda temas como atendimento e comunicação. Já o curso Gestor de Turismo, também online e gratuito, é direcionado a gestores públicos e privados de turismo, além de outros cidadãos e profissionais que queiram se qualificar para gestão do turismo. Os dois cursos estão com inscrições abertas. Saiba mais clicando AQUI.
Edição: Lívia Nascimento

RETROSPECTIVA: EM BAÍA FORMOSA/RN, EDUARDO VASCONCELOS ENTREVISTA O SURFISTA ITALO FERREIRA CAMPEÃO BRASILEIRO, RUMO AO MUNDIAL

Eduardo Vasconcelos entrevista Ítalo Ferreira no Chalé em Baía Formosa/RN, em 02 de fevereiro  de 2015


Na última quinta-feira, 02 no Chalemar em Baía Formosa/RN eu tive o prazer de entrevistar o jovem surfista formosense, Italo Ferreira CAMPEÃO BRASILEIRO de 2014, um jovem inteligente, humilde e muito talentoso em cima de um prancha!  Me concedeu 10 minutos do seu precioso tempo e fui logo perguntando qual a sensação de ser CAMPEÃO BRASILEIRO DO SURF antecipado do Circuito Brasileiro de Surf Profissional, após o 3º lugar na 2ª etapa do CIRCUITO em Santa Catarina/SC, que aconteceu em dezembro de 2014 na Prainha.

ITALO FERREIRA: Muito legal, mas estive bastante focado no título e treinei muito, agora já no final de janeiro viajo para São Paulo para treinar depois faço um curso de inglês na Austrália, onde acontecerá o Campeonato Mundial na primeira quinzena de fevereiro. Muito feliz, pois estou entre os 32 melhores surfistas do MUNDO!

ITALO FERREIRA também foi destaque no site da globoesporte.com, (Natal) veja matéria:

Após acesso ao WCT, Ítalo Ferreira festeja título brasileiro profissional

Aos 20 anos, surfista potiguar é campeão por antecipação do Circuito Brasileiro de Surf Profissional, após terceiro lugar na segunda etapa do Circuito Catarinense

Após conquistar o acesso para a elite do Circuito Mundial, o potiguar Ítalo Ferreira comemora mais um feito em 2014. Ele é o novo campeão brasileiro de surf profissional. Aos 20 anos, o surfista de Baía Formosa garantiu o inédito título após o terceiro lugar obtido na segunda etapa do Circuito Catarinense de Surf Profissional, válido pela penúltima prova do Circuito Brasileiro. A competição, vencida pelo pernambucano Luel Felipe, foi encerrada na tarde de quarta-feira, na Prainha, em São Francisco do Sul, em Santa Catarina.

Com a pontuação da terceira colocação na Prainha, Ítalo Ferreira assegurou o título brasileiro por antecipação. No ranking da Associação Brasileira de Surf Profissional (Abrasp), o potiguar soma 5.073 pontos, à frente do baiano Bino Lopes - 3.980 - e do paulista Odirlei Coutinho - 3.945.



Foto divulgação: Basílio Rui

Estou muito feliz. Este ano deu tudo certo e consegui conquistar quase todos os meus objetivos, graças a Deus.  Agora é descansar um pouco e focar na próxima temporada - declarou.


Com o título, Ítalo se iguala a Joca Júnior, até então único potiguar a ser campeão brasileiro profissional, em 1996.

http://globoesporte.globo.com/rn/noticia/2014/12/apos-acesso-ao-wct-italo-ferreira-festeja-titulo-brasileiro-profissional.html