Postagem em destaque

GRUPO DE CAPOEIRA CORDÃO DE OURO-NOVA CRUZ/RN REALIZOU O BATIZADO E TROCA DE CORDA FECHANDO COM CHAVE DE OURO! CONFIRAM!!!

FINAL - FOTO HISTÓRICA  - GRUPO DE CAPOEIRA CORDÃO DE OURO MOMENTO DO "ESQUENTE"  MOMENTOS DECISIVOS - MUITA CONCENTRAÇ...

terça-feira, 4 de dezembro de 2018

MISSA E FESTA EM COMEMORAÇÕES AOS 99 ANOS DE NOVA CRUZ/RN!!!


Parabenizamos aos novacruzenses pelos 99 anos de existência da nossa cidade de Nova Cruz/RN e a Prefeitura por proporcionar uma linda festa nas comemorações do aniversário da nossa cidade! Mas antes da festa, tivemos uma linda Missa na Igreja Imaculada da Conceição, celebrada pelo Padre novacruzense, Iranildo, juntamente com o Padre Matias, Padre Luciano e Pároco, Padre Aerton Sales da Cunha"Juntos celebraram uma emocionante missa!".Momento de Glória! Uma linda celebração! Emocionando os centenas de fies presentes a paróquia. Festa da Imaculada e ao aniversário da cidade.
A imagem pode conter: 1 pessoa, texto
Ao final da santa missa teve a inauguração da Primeira Estátua de Nossa Senhora da Imaculada de fronte a Igreja Matriz.

Ás 22h a Prefeitura promoveu a Festa de Aniversário da cidade na "Estação", centro histórico da cidade ao som da Banda BRASAS DO FORRÓ!

Daniel Fonseca...

"Festa de emancipação política de Nova Cruz reúne mais de dez mil pessoas em plena segunda feira, gostaria de parabenizar o nosso prefeito Targino Pereira que vem dando um show em sua administração onde vemos os salários em dia , resgate das tradicionais festas para toda a população e a cidade que se encontra um verdadeiro canteiro de obras e isso tudo sem apoio nenhum do governo do estado.

💚Nova Cruz 💚

Prefeitura Municipal de Nova Cruz e Secretaria Municipal de Cultura.

Deus no comando sempre" - Daniel Araújo Fonseca, Secretário Municipal de Cultura de Nova Cruz/RN."

O livro fotográfico no Brasil: a autoria e edição de livros fotográficos no país e sua integração à Coleção “Memória Nacional”



Período e horários: 
A partir das 17h
 No próximo dia 7 de dezembro, sexta-feira, a Biblioteca Nacional vai sediar a mesa-redonda “O livro fotográfico no Brasil”, que vai tratar da autoria e edição de livros fotográficos no país e sua integração à Coleção “Memória Nacional”. O encontro será realizado no Auditório Machado de Assis, da Biblioteca Nacional.
O evento O livro fotográfico no

Histórico do indigenismo no Brasil em evento aberto à comunidade

semanaindigenista
De desafios organizacionais à política indigenista em diferentes eras da história do país, a II Semana Indigenista da Funai traz a debate aspectos diversos do trabalho desenvolvido com povos originários no Brasil ao longo dos anos e as perspectivas para o cenário nacional.

Iniciado ontem (3), na sede da Funai em Brasília, o evento em comemoração aos 51 anos do órgão abrange ciclo de palestras ministradas por indigenistas, representantes das associações de servidores da Funai, jornalistas, professores, advogados, historiadores e outros convidados que atuam na Câmara dos Deputados e na Procuradoria-Geral da República.
A Semana Indigenista surgiu a partir do levantamento da necessidade dos servidores em discutir a própria práxis e compartilhar experiências com demais especialistas e interessados da área, de acordo com Haroldo Resende, coordenador de Desenvolvimento de Pessoal da Coordenação-Geral de Gestão de Pessoas (CGGP), unidade responsável pela organização do evento. "A ideia de criação da Semana foi que pudéssemos discutir nosso trabalho. Indigenistas discutindo o indigenismo. Esperamos que se torne uma tradição na Funai. Essa edição tem o foco na história contada por quem a viveu para entendermos como chegamos a essa Funai que completa 51 anos nesta quarta-feira.", declara Rezende.

O evento vai até sexta-feira (7) e está grautitamente aberto à toda comunidade. Estão previstas para os próximos dias discussões sobre direitos indígenas no início da colonização hispânica, aspectos do indigenismo na república, regime militar e período pós-constitucional, ensaio etnofotográfico e outras atrações.

Confira programação e participe!

Local: Edifício Parque Cidade Corporate - Setor Comercial Sul, Quadra 6, Bloco B, 3º andar; Asa Sul, Brasília - DF - Horário: - Das 9h00 às 18h00 - Evento Gratuito.

Fonte> FUNAI

CAIXA Cultural Curitiba apresenta o show “Fafá de Belém, Piano e Voz”

Um palco, um piano e uma voz. As forças desses três elementos em comunhão compõem a emoção e o lirismo do show “Piano e Voz”, que a cantora Fafá de Belém apresenta em Curitiba nos dias 8 e 9 de dezembro, no Teatro da CAIXA Cultural.
Com 42 anos de carreira e mais de 10 milhões de discos vendidos, Fafá está em plena forma musical, e mostra isso neste espetáculo acústico em que explora o universo da MPB e das noites cariocas do Rio de Janeiro dos anos 1970 e 1980, com forte teor intimista e saudosista.
Acompanhada pelo maestro Luiz Karam no piano, Fafá realiza um passeio musical por composições da MPB. No repertório, canções que resgatam sua consagrada carreira e relembram os anos dourados da nossa Música Popular. O show, portanto, é composto de releituras acústicas de canções representativas de grandes compositores brasileiros, como “Sob Medida”, composta por Chico Buarque; “Raça”, de Milton Nascimento de Fernando Brant; e “Andança”, obra de Danilo Caymmi, Edmundo Souto e Paulinho Tapajós.
No espetáculo também estão outros grandes sucessos da cantora, como “Nuvem de lágrima”, de Paulinho Rezende e Paulo Debétio; “Foi Assim”, de Paulo André e Ruy Barata; “Coração do Agreste”, de Aldir Blanc e Moacir Luz; “Bilhete”, de Ivan Lins e Vitor Martins; “Ave Maria”, de Jayme Redondo e Vicente Paiva; “Abandonada”, de Michael Sullivan e Paulo Sérgio Valle; “Filho da Bahia”, de Walter  Queiroz; “Dentro de mim mora um anjo”, de Suely Costa e Cacaso; “Memórias”, de Leonardo Sullivan; “Meu disfarce”, de Carlos Roque e Carlos Colla; “Vermelho”, de Chico da Silva; “Meu homem”, versão de Fafá de Belém; “Meu dilema”, de Michael Sullivan e Leonardo; “Nem as paredes confesso”, de Max de Souza, Ferrer Trindade e Artur Ribeiro; “Minha História”, de Lucio Dalla e Paolla Pallotino, com versão de Chico Buarque; e “Sedução”, de Milton Nascimento e Fernando Brant.
Incentivo à cultura da CAIXA
A CAIXA investiu mais de R$ 385 milhões em cultura nos últimos cinco anos. Para 2018, nas unidades da CAIXA Cultural em Brasília, Curitiba, Fortaleza, Recife, Rio de Janeiro, Salvador e São Paulo, está prevista a realização de 244 projetos de Artes Visuais, Cinema, Dança, Música, Teatro e Vivências.
A CAIXA Cultural Curitiba oferece, desde 2004, uma programação diversificada, com opções gratuitas ou a preços populares, estimulando a inclusão e a cidadania. O espaço, situado no centro da capital, conta com duas galerias, um teatro, uma sala de oficinas e tem 70 atrações previstas na programação de 2018.
FICHA TÉCNICA:
Fafá de Belém – Voz
Luiz Karam – Músico
João Gomes – Maquiagem
Fábio Buitvidas – Produtor artístico
Guilhermo Blanco – Roadie
Alberto Gebhard – Técnico som
Victor Sabagg – Técnico de luz
Vander Lopes, Glauker Bernardes e Letícia Trindade – Produção executiva
Antonio Carlos Domingues – Produção local
SP Áudio – Sonorização
Serviço:
Fafá de Belém Piano e voz
Local: CAIXA Cultural Curitiba – Rua Conselheiro Laurindo, 280 –
Centro
Data: 08 e 09/12/2018
Horário: Sábado 19h e 21h, Domingo 19h
Ingressos: R$ 30,00 (meia – conforme legislação e correntistas que pagarem com cartão de débito CAIXA). A compra pode ser feita com o cartão vale-cultura.
Bilheteria: (41) 2118-5111 (De terça a sábado das 12h às 20h. Domingo das 16h às 19h)
Duração: 60 minutos
Classificação: 14 anos
Capacidade: 125 lugares (2 para cadeirantes)
Patrocínio: CAIXA e Governo Federal