Postagem em destaque

A hora e a vez de lutar pelo Fundeb

Prestes a vencer, programa imprescindível para educação básica no país precisa ser reeditado com melhorias Programa fundamental para ed...

terça-feira, 13 de agosto de 2019

MPB só as melhores - Top 100 Músicas Mais Tocadas MPB 2019 - "PRA QUEM AMA MUSICA DE VERDADE!" - EDUARDO VASCONCELOS

Nova Cruz - RN- cidade minha infância - 2019 CENTENÁRIO ! CPC/RN

Aniversário de Nova Cruz RN - DEZEMBRO DE 2019 - CENTENÁRIO

Memoria da Estrada de Ferro Natal-Nova Cruz-RN - " HOJE CASA DE CULTURA - FUNDADA EM 16 DE JULHO DE 2003 - 16 ANOS DE RESISTÊNCIA!" - PARABÉNS! EDUARDO VASCONCELOS-CPC-RN

ESTAÇÃO FÉRREA DE NOVA CRUZ - HOJE CASA DE CULTURA "PALÁCIO LAURO ARRUDA CÂMARA" - NOVA CRUZ-RN

Resultado de imagem para IMAGENS DA ANTIGA estaçao FERROVIARIA  de nova cruz rn
Resultado de imagem para IMAGENS DA ANTIGA estaçao FERROVIARIA  de nova cruz rn
ANTES.....
Resultado de imagem para IMAGENS DA ANTIGA estaçao FERROVIARIA  de nova cruz rn
Resultado de imagem para IMAGENS DA ANTIGA estaçao FERROVIARIA  de nova cruz rn
...HOJE!
A Estação Ferroviária de Nova Cruz foi inaugurada em 10/04/1883.   Era o entroncamento das linhas Natal a NovaCruz com a Estação Ferroviária Conde D'Eu em Recife. Em 1901 passou a ser administrada pela Great Western do Brasil-GWB. Em 1939 houve a separação da linha potiguar que passou a ser administrada pela Estação Ferroviária Central do RN da GWB. Em 1950, com a formação da Rede Ferroviária do Nordeste-RFNe, houve a sua absorção pela Rede Ferroviária Federal Sociedade Anônima-RFFSA. 

Com o nome de uma de suas subsidiárias da RFNe, ela passou a controlar tudo. Embora com o nome de Estação Ferroviária Sampaio Correia até 1957, a Estação Ferroviária de Nova Cruz foi mantida por alguns anos até ser desativada na década de 1990.

Estação Ferroviária Natal and Nova Cruz Railway Company: 1883 a 1902.

Great Western do Brasil: 1902 a 1939
Estação Ferroviária Sampaio Correia: 1939 a 1957
Rede Ferroviária do Nordeste: 1957 a 1975 
Rede Ferroviária Federal Sociedade Anônima: 1975 -desativada em 1999
A Rede Ferroviária Federal foi extinta em 22 de janeiro de 2007.
E em 16 de julho de 2003 passou-se a funcionar a Casa de Cultura Popular - "Palácio Lauro Arruda Câmara".
Informações coletada por Ilvaíta Maria Costa
Fonte: Site Estações da Ferroviárias do Brasil

SESC DO RN TAMBÉM É HISTÓRIA E CULTURA! - Saiba mais sobre o Sesc Rio Grande do Norte

SESC RN HOJE
Sede do Sesc Rio Grande do Norte fica no bairro Cidade Alta, em Natal
SESC RN - ANTES - (1947)

" O SESC RN nos 10 anos do Centro Potiguar de Cultura - CPC/RN será uma das instituições que será homenageada no Aniversário de 10 ANOS do Centro Potiguar de Cultura - RN por ser uma das melhores referências em EDUCAÇÃO e CULTURA, com projetos e ações voltados não só para os trabalhadores do comércio, mas para o RN, incentivando e descobrindo talentos potiguares. Além do mais o CPC/RN foi fundado dia 30 de dezembro de 2009 no SESC DE PONTA NEGRA em um encontro de artistas oriundos de várias regiões do Estado. Por isso e muito mais teremos o maior prazer de homenagear esta instituições que tem a cara do RN e a seriedade com a CULTURA REGIONAL." Conclui, Eduardo Vasconcelos, presidente.

Veja matéria extraída do site do SESC RN:

Missão

Promover ações socioeducativas que contribuam para o bem estar social e a qualidade de vida dos trabalhadores do comércio de bens, serviços e turismo, de seus familiares e da comunidade, para uma sociedade justa e democrática.

Visão

Ampliar o reconhecimento do Sesc pela sociedade, como instituição inovadora e propositiva na promoção de ações para o desenvolvimento humano e social.

Valores
  • Transparência
  • Excelência
  • Atuação em rede
  • Ação educativa transformadora
  • Sustentabilidade
  • Acolhimento
  • Respeito a diversidade
  • Protagonismo
  • Inovação
Viagem pela história

A instituição instalou-se em Natal nos primórdios de 1947. À época, funcionava no Sindicato do Comércio Varejista de Natal, localizado no bairro da Cidade Alta.

Tendo à frente o delegado Jessé Pinto Freire, o Sesc iniciou suas atividades oferecendo à classe comerciária os serviços de assistência materna, carteira de assistência ao desempregado, assistência legal e gabinete bancário.

Entre 1947 e 1948, um intenso trabalho de divulgação junto aos empresários do comércio, autoridades e entidades de serviços assistenciais foi de grande importância para o reconhecimento e desenvolvimento da atuação do Sesc em terras potiguares.

Em 28 de março de 1949, a Federação do Comércio do Rio Grande do Norte obteve do Ministério dos Negócios do Trabalho, Indústria e Comércio, sediado no Rio de Janeiro, sua Carta Sindical. Com isso, foram criados os Conselhos do Sesc e SENAC, desligando-os da Federação do Comércio Varejista do Nordeste Oriental.

Em maio deste mesmo ano, uma cerimônia realizada em Natal por João Daudt d'Oliveira, presidente da Confederação Nacional do Comércio, marcou a instalação dos Conselhos Regionais do Sesc e do SENAC no Rio Grande do Norte. Nesse período, a sede do Sesc passou a funcionar em Natal, no bairro da Ribeira, à Avenida Duque de Caxias, nº 158, área onde se concentrava a parte mais intensa da atividade do comércio na capital.

A expansão comercial nos bairros da Cidade Alta e do Alecrim, a partir de 1951, influenciou o retorno do Sesc, em 1952, para a Cidade Alta. Instalada em um prédio alugado na Praça André de Albuquerque, a entidade deu continuidade às suas atividades junto à classe comerciária.

O crescimento e expansão dos serviços do Sesc logo tornaram evidente a necessidade de um espaço maior e adequadamente planejado para suas atividades. A busca de um local para a construção de sua futura e atual sede própria indicou um enorme terreno pertencente à municipalidade natalense: uma área de 4.275m², tendo uma frente de 75m para a Avenida Junqueira Aires e laterais para a Praça João Tibúrcio, com 65m, e Rua São Tomé, com 55m. Era um terreno baldio, eventualmente utilizado para eventos populares.

Na segunda metade de 1977, um acordo administrativo extinguiu, depois de mais de duas décadas, o Condomínio das Administrações Regionais do Sesc e do Senac no Estado, passando o Senac a funcionar em outro edifício. Com a mudança, o prédio do recebeu a denominação de Centro de Atividades João Daudt d'Oliveira a partir de 13 de junho de 1977.

A expansão do Sesc seguiu o ritmo do crescimento de Natal. O próximo passo foi projetar um Sesc na direção sul, seguindo uma política de descentralização que, além de desafogar os serviços centrais, pudesse atender com mais comodidade os moradores daquele lado da cidade.
Deste modo, em 1966, o Sesc concretizou mais um projeto, ao inaugurar na Avenida Senador Salgado Filho, s/n, o Centro de Atividades de Potilândia.

A nova unidade, sediada no bairro de Potilândia passou a atuar com trabalho comunitário e ação grupal, desenvolvendo atividades esportivas, recreativas e campanhas na área da saúde.

O Sesc hoje

Atualmente, o Departamento Regional no Rio Grande do Norte possui 13 unidades operacionais fixas em funcionamento,localizadas em Natal, Macaíba, Mossoró, Caicó, Nova Cruz e São Paulo do Potengi. Além disso, o Sesc conta com três unidades móveis, a BiblioSesc, Sesc Saúde Mulher e OdontoSesc. Também desenvolve ações sistemáticas em municípios do estado.

Matéria extraída do SITE do SESC - RN

Incentivo à leitura Macau será o próximo município a receber o “Carrossel da Leitura”

O Projeto Carrossel da Leitura vai girar desta vez no município de Macau. A cidade irá receber livros infanto-juvenis, além da visita de autores potiguares e de contadores de histórias que movimentam a literatura potiguar. A ação aconteceu na próxima quinta-feira, 08, a partir das 14 horas, no Lions Clube.
O escritor José de Castro, um dos idealizadores do projeto, está de volta nesta quarta etapa do Carrossel junto a outros dois escritores: José Acaci que participa pela segunda vez, e Jadson Silva que está estreando e deu um bonito depoimento sobre o projeto.
“O Carrossel tem sido uma estrela guia em um céu cheio de possibilidades, sempre carregado de sonhos e esperança por um mundo melhor. Sonhos esses que escapam de cada livro aberto, cativando pelo lúdico e guiando a uma bonita transformação interior”, ressaltou o autor.
Essa amorosa iniciativa de incentivo a literatura potiguar está acontecendo desde o início do ano em diferentes cidades. O lançamento foi em Parnamirim, o Carrossel seguiu girando por São Gonçalo do Amarante, Ceará Mirim e agora em Macau.
” Já estamos com tudo organizado para girar no próximo dia, 20, na biblioteca da Zona Norte de Natal. O Carrossel não pode parar. A cada nova edição, o projeto ganha ainda mais força”, destacou a coordenadora da ação, a escritora Drika Duarte.
O Carrossel da leitura conta com apoio da Cosern, através da Lei Câmara Cascudo, e também privilegia ilustradores como Flávia Duarte que estará presente nesta edição de Macau. Na cidade, o projeto terá o apoio do SESI e da Secretaria de Educação do Município.
“Eu sou apaixonada pelo projeto Carrossel da Leitura. Sempre sonhei com seu giro até minha cidade Macau, por promover o gosto pela leitura e a valorização dos nossos excelentes escritores potiguares. É motivo de muita alegria oportunizar às crianças a beleza do mundo imaginário através da contação de histórias e da poesia dos nossos autores”, declarou emocionada Aldécia Cortês, gerente do SESI Macau e professora do município.
Todas as atividades são abertas ao público e estudantes de escolas públicas da cidade já estão organizados para participar do projeto. No local ocorre a distribuição gratuita de livros para as bibliotecas, no intuito de melhorar o acervo das cidades e estimular a produção literária e cultural do Estado.
Fonte: Agora RN
Adaptado pelo CPC/RN, 13/08/2019

História Dia do capoeirista é comemorado em São Gonçalo do Amarante

Realizado pela Academia de Capoeira Salve Zumbi, as comemorações aconteceram nos dias 3 e 4 de agosto - ASCOM
Ocasião reuniu mestres, contramestres, professores, instrutores e monitores do Rio Grande do Norte, Paraíba e Pernambuco.
Buscando homenagear os praticantes de uma das maiores expressões culturais do nosso país, a Prefeitura de São Gonçalo do Amarante, por meio da Secretaria Municipal de Juventude, Esporte e Lazer (Semjel), apoiou um encontro alusivo ao dia do capoeirista. Realizado pela Academia de Capoeira Salve Zumbi, as comemorações aconteceram no último fim de semana, dias 3 e 4 de agosto.
Na ocasião, que reuniu mestres, contramestres, professores, instrutores e monitores do Rio Grande do Norte, Paraíba e Pernambuco, ocorreram batizados, troca de graduação, rodas de capoeira e apresentações culturais dos grupos de Maculelé, Dança do Coco, Samba de roda e Carimbó. O grupo de dança da Escola Municipal José Francisco também participou do encontro.
Capoeira são-gonçalense
O mestre Gato, responsável pela academia Salve Zumbi, é um dos grandes nomes da capoeira em São Gonçalo do Amarante. Iniciou na arte em 1986 e atualmente possui mais de 800 alunos levando o nome da academia para diversas localidades do município.
Fonte: Agora RN
Adaptado pelo CPC/RN, 13/08/2019

Valorização - Publicada lei que prevê contratação mínima de 30% de artistas locais em festas

José Aldenir / Agora RN - A Lei é de autoria do Deputado Estadual Allyson Bezerra (SDD)
A partir de agora as festas públicas no Rio Grande do Norte devem ter no mínimo 30% de artistas locais. A medida é tratada pela Lei Nº 10.577, de 06 de agosto de 2019, publicada na edição da última quarta-feira, 07, do Diário Oficial do Estado (DOE). A Lei, sancionada pelo Governo do Estado, é de autoria do Deputado Estadual Allyson Bezerra (SDD).
“A administração pública direta e indireta do Estado do Rio Grande do Norte valorizará as expressões artísticas que têm origem neste Estado ou que sejam realizadas prioritariamente em seu território, fazendo cumprir-se esse princípio quando das contratações de artistas para espetáculos em festejos de época e outros eventos comemorativos e culturais que façam parte de calendário oficial de eventos do Rio Grande do Norte”, justifica o texto da matéria.
A Lei será regulamentada no prazo de 90 dias contado de sua publicação. “Ficamos felizes em contribuir com o Estado do Rio Grande do Norte através do nosso mandato a partir da valorização dos artistas da nossa terra”, comentou Allyson Bezerra.
Fonte: Agora RN