Postagem em destaque

EM BAÍA FORMOSA/RN SE HOSPEDE NAS POUSADAS ECOBAÍA OU CHALÉ MAR! BAÍA FORMOSA/RN CONFIRA!

Vista para o MAR! Pousada ECOBAIA - BAÍA FORMOSA/RN  CHALÉ MAR - de FRONTE PARA O MAR (Paraíso) Descanso, férias, em serviço ...

sexta-feira, 10 de janeiro de 2020

PRESIDENTE DO CPC/RN ENTREGOU HOJE (10) DIPLOMAS DE HONRA AO MÉRITO A EDUCADORES FEDERAIS (IFRN), CONFIRA MATÉRIA!

 Reitor do IFRN, Wyllys Tabosa recebendo das mãos do Eduardo Vasconcelos - CPC/RN os Diplomas de Honra ao Mérito, bem como a instituição IFRN
 Momento em que Eduardo Vasconcelos explicava o objetivo da honraria ao IFRN e aos demais professores do IFRN, como o Reitor, Wyllys Tabosa e a instituição IFRN no cenário educacional e cultural no ano de 2019.

 Professora, Maria Auxiliadora (chefe de gabinete do IFRN), também recebendo o Diploma
Antes da entrega pose para as fotos

Hoje (10) pela manhã o presidente do Centro Potiguar de Cultura - CPC/RN, Eduardo Vasconcelos esteve na Reitoria do IFRN para entregar diplomas de Honra ao Mérito pelos relevantes serviços educacionais e culturais que os agraciados vem desenvolvendo no Estado, através das políticas eficazes, tanto na educação, como na cultura potiguar.

Desta forma vários e vários jovens se destacam no cenário cultural através dos corais, dos grupos de danças, entre outras artes culturais, realizando assim sonhos destes talentosos jovens.  

Estas parcerias entre o CPC/RN e os IFs vem não só fortalecendo as diretrizes do CPC/RN, bem como a integração em prol da cultura popular, tornando-as mais uma forma de semear a união e o respeito entre grupos e povos, preservando a memória e o saber. 

Os agraciados de hoje (10), foram o Reitor do IFRN, Wyllys Tabosa, prof. Mariz (ex diretor do antigo CEFET/RN, hoje professor do IFRN; a Chefe de Gabinete, Maria AUXILIADORA Pereira de Lira e a própria instituição IFRN. Todos merecedores.

Próxima semana serão: O ex reitor do IFRN, Belchior de Oliveira Rocha e o professor, Otávio Augusto de Araújo Tavares, também ex dirigente do CEFET - RN, juntamente com o professor, Getúlio Marques Ferreira, também ex dirigente da instituição e hoje atual Secretário Estadual de Educação.

Agradecimentos a Assessoria de Comunicação do IFRN pelas fotos.

PRESIDENTE DO CPC/RN VIAJA A NATAL COM AGENDAS NO IFRN - FJA - SEEC/RN - ENTRE OUTROS ÓRGÃOS

CENTRO POTIGUAR DE CULTURA - CPC-RN - FUNDADO EM 30/12/2009
Agenda CPC/RN - Imagem: Homenagem a Dandara - Simbolo de Resistência

Hoje (10) o presidente do Centro Potiguar de Cultura - CPC/RN, Eduardo Vasconcelos estará em Natal com uma agenda cheia. 

Eduardo vai estar no IFRN - Reitoria para entrega de Diploma ao Mérito a instituição, reitor, entre outras personalidades que contribuem com a educação e a cultura potiguar durante todo o ano de 2019 e que evidentemente o ano de 2020 não será diferente. Outros órgãos que o mesmo irá são a SEEC/RN (Secretaria Estado da Educação, da Cultura, de Esporte e do Lazer), FJA (Fundação José Augusto), Assembleia Legislativa, entre outros.  Cujos objetivos são solicitações de parcerias e reconhecimentos dos apoios que os mesmos vem desencadeando em prol da cultura potiguar.

Eduardo, informa ainda, que brevemente irá a Brasília, Rio de Janeiro e são Paulo em busca de apoio aos projetos como: Biblioteca Cultural, Encontrando Novos Talentos, entre outros. Concluiu, Eduardo Vasconcelos.

“Humor não é neutro”, afirma cartunista Laerte

A cartunista brasileira critica o ataque ao Porta dos Fundos e a tentativa de limitar o humor.
Para a cartunista, o humor de alguns comediantes, como o Porta dos Fundos, está inserido neste contexto tragicômico. No dia 24 de dezembro, a sede do grupo humorístico foi atacada com coquetéis molotov, sem deixar feridos. O atentado ocorreu como uma reação mais truculenta que se seguiu às críticas ao especial de Natal do Porta dos Fundos, que sugeria que Jesus era homossexual.
“A situação de eleger Bolsonaro uns poucos anos antes das eleições, era para mim, uma hipótese humorística. E estamos em um país onde isso aconteceu. Isso nos deixa numa situação humorística ou trágica?”, questiona.
“O que o Porta dos Fundos praticou em forma de discurso humorístico não é uma ofensa à religião, é uma ofensa aos homofóbicos”, afirma a cartunista. Segundo Laerte, os ataques ao Porta dos Fundo reforçam sua visão que é impossível limitar o humor sem censurar ideias, já que o humor não pode ser completamente neutro.
“O fato de você estar lidando com uma linguagem que provoca reações como o riso, não quer dizer que você esteja num território de neutralidade ideológica. Não tem neutralidade nenhuma, você está sempre trabalhando em um campo ideológico”, explica.
“O episódio com o Porta dos Fundos também me fez pensar. Com quem estamos lidando quando usamos uma linguagem para conduzir uma piada? Não estamos só buscando produzir risadas, estamos trabalhando com ideias”, afirma.


Da redação, com informações da RFI