Postagem em destaque

Secretária em test-drive, Regina Duarte já defendeu cortes na cultura e atacou indíos

No ano passado, por exemplo, em entrevista ao jornalista Pedro Bial, da TV Globo, a atriz chegou a defender os cortes de verbas do govern...

terça-feira, 26 de setembro de 2017

SBPC e oito entidades científicas pedem a Temer o descontingenciamento imediato de recursos para C&T

XV Semana de Antropologia da UFRN acontece de 9 a 11 de outubro, evento conta com o apoio do ADURN-Sindicato e PROIFES-Federação

Em carta enviada ao presidente da República nesta segunda-feira, 25, as nove entidades pedem que o governo libere os recursos congelados do MCTIC em 2017 e afirmam que é também indispensável garantir um orçamento adequado para a área em 2018
A SBPC, juntamente a outras oito entidades representativas das comunidades científica, tecnológica e acadêmica brasileiras e dos sistemas estaduais de ciência, tecnologia e inovação enviaram nesta segunda-feira, 25, uma carta ao presidente da República, Michel Temer, pedindo a liberação imediata da verba do Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC) contingenciada em 2017.
Na carta, as entidades reiteram a gravíssima situação da ciência e tecnologia no País resultante da drástica diminuição das verbas e solicitam ao presidente que, diante da decisão do governo de autorizar a liberação de mais R$ 12,8 bilhões para o orçamento de 2017, em função do aumento da meta de déficit fiscal, libere os recursos contingenciados do MCTIC neste ano.
 “Há necessidade urgente de reversão do cenário de cortes, por meio do descontingenciamento desses recursos para o MCTIC, para possibilitar a recomposição do orçamento anteriormente previsto para 2017. É igualmente indispensável a garantia de um orçamento adequado para a ciência e tecnologia em 2018”, afirmam as nove entidades na carta.
 Além da SBPC, assinam o documento a Academia Brasileira de Ciências (ABC), a Associação Brasileira dos Reitores das Universidades Estaduais e Municipais (Abruem), a Associação Nacional dos Dirigentes de Instituições Federais de Ensino Superior (Andifes), o Conselho Nacional das Fundações de Apoio às Instituições de Ensino Superior e de Pesquisa (Confies), o Conselho Nacional das Fundações Estaduais de Amparo à Pesquisa (Confap), o Conselho Nacional de Secretários Estaduais para Assuntos de Ciência e Tecnologia (Consecti), o Fórum Nacional de Gestores de Inovação e Transferência de Tecnologia (Fortec) e o Fórum Nacional de Secretários Municipais da Área de Ciência e Tecnologia.
A carta foi encaminhada também aos ministros da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações, Gilberto Kassab, da Fazenda, Henrique Meirelles, e do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão, Dyogo Oliveira.
 Confira, neste link, a carta na íntegra.
Jornal da Ciência
C/ ADURN

Nenhum comentário:

Postar um comentário